Serpa revela achado arqueológico

O presidente da Câmara de Serpa, João Efigénio Palma e a vice-presidente, Odete Borralho, visitaram as escavações arqueológicas a decorrer junto à Quinta de São Brás, no âmbito da instalação de um novo projecto agrícola. A convite do Município também esteve presente o investigador Nelson J. Almeida, professor de arqueologia na Universidade de Évora, responsável por diversas acções de colaboração recentes na divulgação do património arqueológico concelhio.

leia também
Piscinas de Serpa e Pias abrem hoje – Época balnear com entrada gratuita até aos 18 anos

Os trabalhos arqueológicos, coordenados por Consuelo Gomez e Jorge Vilhena, revelaram um achado excecional no contexto da pré-história recente regional, com a identificação de uma fossa escavada na rocha, “contendo diversos enterramentos e deposições de restos de outros indivíduos, num total de cerca de uma centena recolhidos até à data”, segundo o Executivo Camarário, um número que poderá vir a aumentar uma vez que os trabalhos ainda decorrem.
Na envolvente do sítio, a autarquia informou que “foram identificadas outras estruturas pré-históricas que apenas revelaram a presença de escassos materiais cerâmicos”, enquanto que a fossa contendo os enterramentos e deposições “constitui um caso de claro destaque pela presença de um conjunto tão significativo de indivíduos”.
Estas estruturas foram detectadas durante a instalação do sistema de rega do projecto, que se encontravam a ser acompanhadas pela equipa de arqueologia, no âmbito das acções preventivas legalmente instituídas.

O conjunto de fossas agora descoberto, também faz parte de um fosso que delimitaria um recinto e que fariam parte de um complexo maior “que permanecia inédito e que engloba distintos tipos de estruturas, incluindo espaços funerários e outros onde ocorreriam determinadas práticas cerimoniais”.
A Câmara de Serpa recordou que nas proximidades do sítio agora descoberto, já havia sido identificado um vasto recinto de fossos, genericamente enquadrado na mesma época, “um pequeno povoado fortificado da etapa final da Idade do Cobre, o Cerro dos Castelos de São Brás”.

Scroll to top
Close
Browse Tags