Resialentejo é a empresa que mais recicla no Alentejo e a 3ª a nível nacional

Já são conhecidos os resultados do Relatório Anual de Resíduos Urbanos 2022 (RARU), com bons indicadores para o desempenho da Resialentejo, tendo em conta os valores dos restantes 23 Sistemas de Gestão de Resíduos em análise (SGRU).

leia também
Novo Ecocentro de Moura – Resialentejo investe 960 mil euros

Esta empresa intermunicipal apresenta, actualmente, o terceiro melhor valor em termos nacionais para o indicador da preparação para reutilização e reciclagem, passando de 46% para 57%. Por comparação, com o período homólogo de 2021, estava apenas na 7ª posição.
De forma complementar, a Resialentejo tem também o melhor desempenho na região do Alentejo em termos de encaminhamento global para reciclagem e compostagem, e dos melhores resultados em termos nacionais no que diz respeito ao desvio de resíduos do aterro.
O relatório, agora divulgado, reflete o desempenho alcançado em 2022, tendo em conta as metas estabelecidas no Regime Geral da Gestão de Resíduos e PERSU 2020+.

leia também
Resialentejo – Município de Barrancos foi o que mais reciclou em 2023

Em nota de imprensa a Resialentejo realça que “volta a comprovar o compromisso para com o cumprimento das metas ambientais e a sua ambição na promoção da sustentabilidade nas comunidades e territórios onde opera actualmente, integrando oito municípios do Baixo Alentejo.”
Recordamos que recentemente a Resialentejo inaugurou um novo Ecocentro na cidade de Moura.

Scroll to top
Close
Browse Tags