Moura volta a ser distinguida como “Entidade Empregadora Inclusiva”

Pelo segundo ano consecutivo, a Câmara Municipal de Moura foi distinguida como “Entidade Empregadora Inclusiva”, atribuição dada através do IEFP – Instituto do Emprego e Formação Profissional. Esta valorização, de acordo com o Instituto, “destina-se a promover o reconhecimento e a distinção pública de práticas de gestão abertas e inclusivas, desenvolvidas por entidades empregadoras relativamente às pessoas com deficiência e incapacidade”.

leia também
Moura – Centro de Meios Aéreos recebe helicóptero de ataque inicial a fogos rurais

A vereadora Lurdes Balola corrobora a declaração do IEFP ao afirmar que este prémio, “representa a preocupação da Câmara de Moura com as pessoas mais frágeis da sua comunidade, nomeadamente aqueles que precisam de algum cuidado e atenção na sua integração, principalmente no mercado de trabalho, por via da incapacidade que apresentam e que podem ser a diferentes níveis físicos, mentais e psicológicos”.

Moura foi uma das 165 entidades que se destacou nesta candidatura de entidades dos sectores privado, público e da economia social, “sendo que só 54 foram contempladas e nós fazemos parte de uma das três entidades no distrito de Beja. Expressa bem as exigências que são tidas em conta para que estes Municípios passem a ter esta distinção”, esclareceu Lurdes Balola.
Além do Município de Moura, foram também distinguidos o Instituto Politécnico de Beja e a Câmara Municipal de Ourique.

Nas respostas à empregabilidade e inclusão, a autarquia de Moura realiza protocolos de colaboração assinados anualmente com a APPACDM de Moura, de inserção de clientes em contexto de trabalho, tendo sido abrangidos este ano seis clientes, bem como as 35 pessoas que estão integradas em diferentes serviços municipais, com contratos por incapacidade. “É importante realçar o trabalho de todas as divisões do município, desde os dirigentes e respectivas estruturas, aos trabalhadores que, de forma inclusiva, adoptam práticas de aceitação, capacitação e verdadeira parceria, para com aqueles que integram os contratos de trabalho apoiado”, destacou o Município.
No distrito de Beja, Moura, Instituto Politécnico de Beja e a Câmara Municipal de Ourique, foram as três organizações com a distinção “Entidade Empregadora Inclusiva”.

Ir para cima
Close
Browse Tags