Autoridade Tributária dá “tréguas” ao protesto nacional

O Sindicato dos Trabalhadores dos Impostos (STI) interrompe hoje, dia 19, o protesto nacional contra o colapso da Autoridade Tributária e Aduaneira e a Desvalorização Profissional dos seus trabalhadores, até ao fim de Maio.

leia também
Serviço de Finanças de Moura adere à greve da Administração Pública

A presidente do Sindicato dos Trabalhadores dos Impostos (STI), Ana Gamboa, explicou à Planície as razões dessa suspensão. “Tiveram a ver com a participação do Secretário de Estado dos Assuntos Fiscais (Nuno Félix), no nosso Conselho Geral, onde foi demostrada abertura para retomar as negociações relacionadas com os dossiers das nossas carreiras, que estavam paradas há mais de dois anos”.

Desta forma, o Conselho Geral entendeu fazer uma “interrupção para dar espaço à tutela de avançar com os resultados”, mas caso não haja resultados até ao final de Maio, Ana Gamboa notou que o STI “dará continuidade à campanha de protesto que está em curso”. Por agora, “é uma trégua, não um término”, sublinhou.

O Sindicato dos Trabalhadores dos Impostos suspende a partir de hoje, as reivindicações sobre a desvalorização das carreiras e aguarda decisões do Ministério das Finanças.
Recordamos que os funcionários do distrito de Beja fizeram sentir o seu protesto no passado dia 21 de Março.

672 Views
Scroll to top
Close
Browse Tags