GNR e PSP lançam a campanha “Ao volante, o telemóvel pode esperar”

Está a decorrer a Campanha de Segurança Rodoviária “Ao volante, o telemóvel pode esperar”, lançada pela Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR), Guarda Nacional Republicana (GNR) e Polícia de Segurança Pública (PSP) inserida no Plano Nacional de Fiscalização de 2023.
Entre os dias 27 a 30 de Março, os condutores serão alertados para as consequências negativas e mesmo fatais do uso indevido do telemóvel durante a condução.

leia também
Moura: Um despiste de moto causa uma morte e um ferido grave

A 50 km/h, olhar para o telemóvel durante 3 segundos é o mesmo que conduzir uma distância de 42 metros com os olhos vendados, o equivalente a uma fila de 10 carros.
A utilização do telemóvel durante a condução aumenta em quatro vezes a probabilidade de ter um acidente, causando um aumento no tempo de reacção a situações imprevistas.

A iniciativa é composta por acções de sensibilização da ANSR em território continental e do serviço das administrações regionais da Região Autónoma dos Açores e da Região Autónoma da Madeira;

Operações de fiscalização pela GNR e pela PSP, com especial incidência em vias e acessos com elevado fluxo rodoviário e de acordo com o Plano Nacional de Fiscalização 2023, de forma a contribuir para a diminuição do risco de ocorrência de acidentes e para a adopção de comportamentos mais seguros por parte dos condutores no que diz respeito ao manuseamento do telemóvel durante a condução.

473 Views
Scroll to top
Close
Browse Tags