Moura – Álvaro Azedo acusa o porta-voz do grupo “Gente da Estrela” de estar a “mentir”

O porta-voz do grupo “Gente da Estrela”, Miguel Caleça, em notícia publicada na passada quinta-feira pela Planície, demonstrou a vontade de recorrer a meios administrativos para desanexar a aldeia da Estrela, na Freguesia da Póvoa de São Miguel, concelho de Moura. Na conversa referiu que a Câmara Municipal de Moura não fez “rigorosamente nada na povoação nos últimos cinco anos”, deixando-a ao “abandono”. Entre alguns pontos, focou a “destruição” do campo de futebol da antiga escola primária para dar lugar a um “quintal” da Estação Náutica e a retirada do cais de embarque da Estrela, para ser colocado “junto ao paredão da barragem, onde está a ser construída a praia fluvial de Moura”.

leia também
Movimento de moradores da Estrela querem desanexar a localidade do concelho de Moura

Contactado pela Planície, o presidente da autarquia de Moura, Álvaro Azedo respondeu às acusações de Miguel Caleça. Começou por dizer que “um mentiroso será sempre um mentiroso. A Câmara Municipal de Moura dará o devido seguimento às declarações que estão muito longe da verdade e que não passam de uma verdade criativa veiculada por esse pseudo porta-voz desse grupo de cidadãos”.

Na explicação, afirmou que a autarquia se relaciona “institucionalmente com a Junta de Freguesia que tem um presidente eleito e com a Associação de Moradores com quem teve uma reunião de trabalho (dia 02 deste mês), como várias que teve ao longo do mandato. É com esta instituição que fazemos o caminho”.

O edil mourense mostrou que está disponível para receber o representante do movimento. “O presidente da Câmara recebe toda a gente e já aconteceu no passado esclarecer não só com moradores da Estrela, como pessoas que se interessem por conhecer os projectos”. E acrescentou: “gostava de dizer que quando o Srº. Miguel Caleça quiser ser esclarecido sobre os projectos da Estrela em vez de mentir, em vez de dizer coisas que não são verdade, basta-lhe pedir um atendimento com a câmara e esta recebê-lo-á com a maior simpatia, como o fez numa determinada altura em que o Srº. Interessava-lhe ficar com a exploração do cais da Estrela”.

Na mesma entrevista, Álvaro Azedo reiterou que o que foi dito não tem “uma ponta de verdade”. “Nestas comentadas coisas da vida, nós somos e seremos responsáveis e faremos responsabilizar quem mente e quem falta à verdade para com a população. É só isto que me oferece dizer e obviamente descansar as pessoas porque uma câmara do Partido Socialista que tem projectos para a Estrela, é verdade que não tem andado tão depressa como nós gostaríamos, mas serão implementados”.

Como conclusão, o presidente da autarquia de Moura frisou que “percebe que o Srº. Miguel Caleça esteja frustrado por não ter ganho as eleições em nome da CDU na Póvoa de São Miguel, mas nós somos eleitos para representar a população, somo eleitos para cumprir os nossos programas e para defender as nossas posições políticas. Nunca devemos ser pessoas que faltam à verdade e mentem descaradamente e isso só por si, fala em nome da pessoa e em mais ninguém, muito menos da Câmara Municipal de Moura que trata toda a gente olhos nos olhos falando verdade”.

A autarquia respondeu às acusações do porta-voz Miguel Caleça do grupo “Gente da Estrela”.

1.4K Views
Scroll to top
Close
Browse Tags