Moura representada com cerca de 80 jovens nas Jornadas Mundiais da Juventude

As Jornadas Mundiais da Juventude (JMJ), vão decorrer de 01 a 06 de Agosto deste ano, em Lisboa, o maior encontro de jovens católicos de todo o mundo, com o Papa Francisco. Estima-se que a concentração reúna cerca de um 1, 5 milhões de jovens de 180 países.
As Paróquias de Moura vão marcar presença nestas jornadas, que por aqui estão a ser organizadas desde há três anos.

leia também
Moura – Igreja de São João Baptista reabre hoje com o concerto Ensemble Intempore

O padre José Manuel, responsável por Moura e Santo Amador está hoje à conversa com a Planície onde o tema principal vão ser as jornadas, em que Moura vai estar representada com cerca de 80 jovens. “Neste momento, temos um grupo de 60 jovens que vão em nome da Paróquia de Moura e depois temos um outro grupo, entre 15 a 20, do caminho neocatecumenal, que também vão às jornadas, mas vão fazer um percurso diferente”.

Durante os cinco dias das JMJ, a cidade de Moura vai hospedar cerca de 250 jovens, número que integra os 3.000 que a Diocese de Beja se propôs receber. “Não sabemos de onde, nem que línguas falam, mas isso também não é importante”, ressalvou o pároco. A logística para acolher tantos jovens já está a ser preparada entre a Câmara Municipal de Moura, a Escola Secundaria e o Centro Infantil Nª. Sr.ª do Carmo, com a igreja a mediar. “Para que possa haver pavilhões com casa de banho onde os jovens possam pernoitar durante cinco dias”, explicou.
Além disso, vai ser ainda necessário recorrer às famílias da cidade para que alberguem nas suas casas, alguns destes jovens, um apelo deixado pelo padre.

Para que se perceba como funciona, de 26 a 31 de Julho deste ano está organizado os “Dias nas Dioceses”, com jovens de vários países, onde participam 17 dioceses, entre elas a de Beja. São as chamadas “pré-jornadas”, onde todos os que queira participar podem inscrever-se em plataformas na Internet. “Há jovens que escolhem a sua diocese, os que não escolhem são direccionados para uma das 17”, explicou o padre José Manuel.

Na entrevista com o pároco responsável por Moura e Santo Amador, foi ainda abordada a importância das Jornadas Mundiais da Juventude no nosso país, numa altura em que foram denunciados em Portugal 4.815 menores vítimas de abuso sexual pela Igreja Católica.
A entrevista pode ser ouvida hoje, dia 22, às 12h00 e às 18h00.

808 Views
Scroll to top
Close
Browse Tags